O que é o Curso de CIPA? – Saiba se a sua empresa precisa tê-lo

O que é o Curso de CIPA? – Saiba se a sua empresa precisa tê-lo

O curso do CIPA é importante para prevenir acidentes e gerar segurança no trabalho. Desse modo, saiba que ele tem como objetivo diminuir essa taxa tão prejudicial às empresas.

Assim, você deve saber que existem regras que estabelecem a criação do grupo. Então é sobre isso que vamos falar neste artigo completo a respeito do tema em questão.

O que é Curso de CIPA?

A sigla CIPA significa Comissão Interna de Prevenção de Acidentes. Nesse sentido, entenda que essa é uma estratégia que ajuda as empresas. De tal forma que o curso visa justamente ensinar isso aos colaboradores.

Além disso, saiba que é fundamental que o processo esteja sempre em dia. Ao passo que o mesmo serve justamente para fiscalizar e promover medidas de segurança.

Com isso, o CIPA serve para evitar que acidentes ou doenças aconteçam durante o trabalho. Ou mediante ao período que decorre diante do exercício de uma determinada função.

Por certo, esse curso ajuda na capacitação e na correta interpretação das normas. No caso, temos a NR-05 que estabelece quando a criação do grupo é necessária numa empresa.

Assim, entenda que são obtidas as orientações e direcionamentos dos trabalhos exercidos. Sempre visando garantir a segurança dos funcionários e dos colaboradores da organização.

Dessa forma, você deve compreender que o curso do CIPA é de grande utilidade. Visto que ele traz os conhecimentos necessários para a montagem de uma equipe interna. Sendo algo essencial e deixando os processos muito mais organizados.

O que o Curso de CIPA ensina?

Durante o exercício do curso são ministrados diversos temas importantes. De tal modo que você aprenderá a zelar pela segurança na empresa. Na listagem abaixo temos alguns dos temas utilizados no aprendizado:

  • Estudar o ambiente e suas condições de trabalho;
  • Riscos que podem surgir no processo produtivo;
  • Metodologias para a investigação e análise dos acidentes ou das doenças (trabalho);
  • Noções exatas tanto de acidentes quanto das doenças que surgem mediante aos riscos e exposições;
  • Informações sobre a AIDS e algumas medidas para prevenção;
  • Aprender sobre as legislações previdenciárias e trabalhistas;
  • Higiene e medidas para controlar melhor os riscos no ambiente de trabalho;
  • Organização do grupo CIPA e de outros assuntos relacionados;
  • Exercício para atribuir a comissão corretamente;
  • Entre outros.

De fato, você precisa saber que o curso consiste em pelo menos 20 horas. Que são distribuídas em faixas de 8 horas diárias. Como resultado disso, a empresa não terá problemas em seu expediente.

Vale destacar que uma das funções principais do grupo é ministrar treinos específicos. Que possam ajudar a elevar o status de segurança e evitar acidentes e doenças nos colaboradores.

Decerto, saiba que o objetivo é conscientizar os funcionários a prevenir esses problemas. Por isso, o curso do CIPA é essencial. E se torna obrigatório para algumas empresas.

Quais empresas precisam ter o Curso de CIPA?

Em resumo, você deve entender que esse grupo serve para algumas empresas. Nesse sentido, elas podem ser públicas, privadas ou mistas. Além disso, órgãos de administração pública e instituições também podem participar do processo.

De acordo com a norma em questão, estão aptas as empresas com mais de 20 funcionários. Ficando de fora as que tenham apenas 19 colaboradores ou números inferiores a isso.

Contudo, quando a mesma não se enquadrar no quesito, deve realizar outro procedimento. Desse modo, saiba que ela precisa ter um funcionário responsável pelo cumprimento da NR.

Onde ele é quem será o responsável pela ministração e promoção de um treinamento anual. Com isso, compreenda que o CIPA pretende tornar tudo ainda mais seguro para todos.

De fato, saiba que as ações serão em grande parte de forma preventiva. Sendo as inspeções, revisões, promoções e verificações as principais atividades. Enquanto que o grupo analisa até mesmo os brigadistas (incêndio) e todas as instalações de emergência.

De fato, saiba que a cultura de segurança ajuda na organização da empresa. Já que direciona os colaboradores no momento em que houver alguma necessidade emergencial.

Vale ressaltar que ainda se torna possível a verificação dos trabalhos realizados. Ao passo que as possíveis lesões podem ser observadas. Antes que elas possam ocorrer dentro do ambiente de trabalho.

Onde e como obter este treinamento?

O treinamento do CIPA pode ser feito pelo Sesmt que está presente na empresa. Dessa maneira, entenda que esse é um Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho.

Decerto, saiba que eles são profissionais da saúde. E visam auxiliar na proteção dos trabalhadores que estão nas empresas. Por certo, o grupo pode ser dos seguintes tipos (entidades):

  • Profissional;
  • Patronal;
  • Trabalhadores.

Desde que eles entendam do assunto e dos temas abordados. Aliás, o CIPA necessita até mesmo de uma ata. Entretanto, saiba que a empresa é quem deve escolher quem ministrará o curso.

Vale mencionar que caso o treinamento não seja adequado será necessário realizar outro. Ou seja, haverá um complemento ou substituição por um que possa trazer as informações necessárias.

Por certo, saiba que esse período será de 30 dias no máximo. E terá início assim que a empresa souber do fato. Portanto, esse é um curso muito sério e que exige conhecimentos reais. Para que os funcionários não sofram com acidentes e doenças durante o trabalho.

Envie seu comentário